Entra em contacto
pg_feridas

Pós-Graduação em Enfermagem em Viabilidade Tecidular e Feridas

As feridas complexas têm um impacto significativo na saúde e na qualidade de vida das pessoas e seus familiares, causando dor, perda de função e mobilidade, depressão, angústia, ansiedade, isolamento social, sobrecarga financeira, internamentos hospitalares prolongados e morbidade ou mesmo morte.

Coordenação: Elsa Cristina Paz Carvela Menoita
30 ects
estudosposgraduados@uatlantica.pt
Sábado das 09h às 180h (híbrido, maioritariamente online)
12 de outubro de 2024
PT
194h (810h)
Barcarena

As feridas têm um impacto significativo na saúde e na qualidade de vida das pessoas e seus familiares, causando dor, perda de função e mobilidade, depressão, angústia, ansiedade, isolamento social, sobrecarga financeira, internamentos hospitalares prolongados e morbidade ou mesmo morte.

Perante a gravidade desta problemática, é fundamental desenvolver o exercício de Enfermagem em Viabilidade Tecidular e Feridas através de um processo de prestação e gestão de cuidados de enfermagem de elevada perícia, mediante uma abordagem holística, estratégica, promovendo uma transição segura no processo de adaptação, consequente em mais e melhores resultados em saúde. Para o devido efeito, o enfermeiro deve ter um corpo de conhecimentos e competências, desde a apreciação à intervenção clínica, alavancando processos de tomada de decisão, sustentados em evidências científicas e inseridos na esfera do trabalho interdisciplinar.

O exercício profissional nesta área implica desenvolver intervenções efetivas e eficazes para a viabilidade tecidular, prevenção de feridas, processo de cicatrização, processos de adaptação, capacitação para a autonomia e gestão de sintomas e qualidade de vida da pessoa com risco de e/ou ferida.

Este curso pauta pela componente prática, com recurso a oficinas práticas. Conta a participação de peritos nacionais em gestão de feridas complexas, incluindo dois vencedores de Prémio Impacto – Profissional de Saúde com Maior Impacto no Tratamento de Feridas em Portugal.

Esta pós-graduação é reconhecida, validada e certificada pela Ordem dos Enfermeiros, sendo um requisito para requerer a Certificação Individual da Competência Acrescida Diferenciada em Enfermagem em Viabilidade Tecidular e Feridas.

Objetivos Gerais

  • Com esta pós-graduação, pretende-se habilitar os profissionais de saúde com conhecimentos científicos e competências técnicas e humanas, para o exercício profissional mais diferenciado no âmbito da viabilidade tecidular, prevenção e tratamento de feridas, com base nas últimas evidências científicas disponíveis.

 

Objetivos Específicos:

  • Desenvolver uma prática profissional ética e legal em Enfermagem em viabilidade tecidular e feridas, de acordo com as normas legais, os princípios éticos e a deontologia profissional;
  • Desenvolver a área do conhecimento especializado no domínio da apreciação, prevenção e tratamento da pessoa com ferida;
  • Desenvolver habilidades de tomada de decisão e intervenção clínica, numa abordagem holística e colaborativa;
  • Desenvolver competências científicas, técnicas, relacionais e éticas essenciais para a gestão de casos, no domínio da viabilidade tecidular e tratamento de feridas;
  • Desenvolver competências reflexivas e de autoaprendizagem para prestar cuidados integrais à pessoa com ferida;
  • Promover a investigação no domínio da prevenção e tratamento de feridas;
  • Aplicar os resultados da evidência científica como suporte na tomada de decisão clínica de enfermagem.

Licenciados em enfermagem.

  • Anatomofisiologia da pele;
  • Regeneração e Cicatrização;
  • Apreciação da pessoa com ferida;
  • Autocuidado;
  • Adesão ao regime terapêutico;
  • Preparação do leito da ferida;
  • Desbridamento e Suturas;
  • Opções terapêuticas/Material de tratamento;
  • Terapia por Pressão negativa;
  • Feridas na ciência forense;
  • Feridas cirúrgicas;
  • Queimaduras;
  • Úlcera por Pressão;
  • Dermatite associada à incontinência;
  • Úlcera de Perna;
  • Pé diabético;
  • Ferida maligna;
  • Radiodermites;
  • Lesões cutâneas por infeções sexualmente transmitidas;
  • Feridas em contexto pediátrico;
  • Lesões em final de vida.

Docente e instituição

Unidade Curricular

Ana Alexandra Martins Tavares de Almeida

Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte - Hospital Santa Maria - Cirurgia Cardiotorácica

UC VI - Abordagem da pessoa com ferida(s) e opções terapêuticas

 

Ana Cristina Almeida

Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte - Hospital Santa Maria -Unidade de Queimados)

UC VIII- Processo de cuidados à pessoa com ferida

André João Mateus Vaz

Trabalhador por conta Própria

UC VIII- Processo de cuidados à pessoa com ferida

Célia Cristina Dionísio Gageiro Lopes

Nutricionista, Fresenius Kabi

UC III  - Regeneração  e cicatrização

Dina Marlene Filipe Cançado Garcia

Internamento médico-cirúrgico da Fundação Champalimaud

UC VI Abordagem da pessoa com ferida(s) e opções terapêuticas

 

Diana Catarina Batista Eleutério da Cruz

Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte - Hospital de Santa Maria, serviço de Cirurgia Vascular

UC VIII- Processo de cuidados à pessoa com ferida

Elsa Cristina Paz Carvela Menoita

Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central – CRI dermatovenereologia e Padrões de Qualidade dos Cuidados de Enfermagem/Sistemas de Informação de Enfermagem

UC III  - Regeneração  e cicatrização

UC IV - Metodologia e gestão do processo de cuidados

UC V – Microbiologia das feridas

UC VI Abordagem da pessoa com ferida(s) e opções terapêuticas:

UC VIII- Processo de cuidados à pessoa com ferida

Helena José

Escola Superior de Saúde Atlântica Barcarena

UC I - Conceção de enfermagem em viabilidade tecidular e feridas:

UCII  – Investigação em viabilidade tecidular e feridas

UC IV - Metodologia e gestão do processo de cuidados

Helena Jorge

Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte

UC VIII- Processo de cuidados à pessoa com ferida

Helena Maria Araújo Vicente

Instituto Portugues de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil

UC VIII- Processo de cuidados à pessoa com ferida

Luís Dias

Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central – CRI dermatovenereologia

UC III  - Regeneração  e cicatrização

UC VIII- Processo de cuidados à pessoa com ferida

Luís Sousa

Escola Superior de Saúde Atlântica Barcarena

UCII  – Investigação em viabilidade tecidular e feridas

Maria Ester de Matos Robalo Ramos Malcato

Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte – Unidade de Cirurgia Cardiotorácica

 

UC VI Abordagem da pessoa com ferida(s) e opções terapêuticas:

UC VIII- Processo de cuidados à pessoa com ferida

 

 

Nuno Manuel Teles Pinto

USF Valbom/ ACES Gondomar /ARS norte

UC VI Abordagem da pessoa com ferida(s) e opções terapêuticas:

 

Paulo Ramos

USF Corino de Andrade - ACES Grande Porto IV Póvoa de Varzim/ Vila do Conde

UC I - Conceção de enfermagem em viabilidade tecidular e feridas:

UC VI Abordagem da pessoa com ferida(s) e opções terapêuticas:

 

Ana Rita dos Santos Caldeira Cigarro

UCP ISJD Montemor-o-Novo

UC VIII- Processo de cuidados à pessoa com ferida

Rui Pedro Marques da Silva

UCC Vallis Longus, pertencente ao ACeS Maia/Valongo

 

UC VI Abordagem da pessoa com ferida(s) e opções terapêuticas:

 

Viviane Gonçalves

Centro Hospitalar Universitário de São João

Cirurgia Cardiotorácica

 

UC VIII- Processo de cuidados à pessoa com ferida

  • APTFeridas – Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas

O curso de pós-graduação em Enfermagem em Viabilidade Tecidular e Feridas encontra-se acreditada pela Ordem dos Enfermeiros, para efeitos de Qualificação Profissional com atribuição de 3,5 Créditos de Desenvolvimento Profissional (CDP).

A acreditação encontra-se válida de 04 de Março de 2024 e término a 14 de Junho de 2025.

 

Solicitar Informações

Solicitar Informações sobre o curso:
Nome(Obrigatório)
Este campo é para efeitos de validação e deve ser mantido inalterado.